Guia irationline.com.br - Descubra os melhores locais de Irati.

 

Sabor e Saúde Produtos Naturais

 

Naturati - Produtos Naturias

 

GORDO AUTO SOCORRO 24H

 

Malik Jóias

 

ESQUADRIAS DE MADEIRA MACHADO

 

CLINICA SAKANE

 

 

 

Celular deve ficar longe da cama à noite recomenda Departamento de Saúde nos EUA

 

Pais devem considerar reduzir o tempo que crianças e adolescentes ficam expostas ao aparelho. Também é recomendável que eles desliguem o celular durante à noite

Publicado em 18/12/2017

 

Embora as pesquisas científicas não sejam conclusivas sobre os efeitos das ondas de radiação emitidas pelos celulares à saúde, a preocupação com os possíveis riscos levou o Departamento de Saúde Pública da Califórnia, nos Estados Unidos, a emitir diretrizes sobre como minimizar a exposição. O manual oficial com dicas, como manter o aparelho longe da cama à noite, foi divulgado na semana passada. As informações são da revista Forbes.

Alguns estudos sugerem um risco ligeiramente aumentado de câncer cerebral e de tumores na glândula salivar por conta das radiações. Outros apontam para redução do número de espermatozoides e da qualidade do esperma de homens, além de efeitos para a aprendizagem e memória, dores de cabeça e sono. No entanto, o relatório reforça que é preciso aprofundar as pesquisas.

"Embora a ciência ainda esteja evoluindo, alguns profissionais da saúde pública apontam a relação entre a exposição a longo prazo da energia emitida por telefones celulares e problemas de saúde", disse a diretora de Saúde Pública, Karen Smith, em comunicado.

"Nós sabemos que passos simples, como não manter o telefone no bolso e afastá-lo de sua cama durante a noite, podem ajudar a reduzir a exposição para crianças e adultos", complementou ela.

Para a diretora, é preciso ter mais atenção à exposição de crianças e de adolescentes à radiação, uma vez que seus cérebros ainda estão em desenvolvimento.

Confira algumas das recomendações

- Manter o telefone longe do corpo sempre que possível. Guardá-lo em uma bolsa ou pasta em vez do bolso da roupa ou sutiã.

- Reduzir o uso do aparelho quando o sinal está fraco (quando mostra apenas uma ou duas barras), já que nesses casos o aparelho emite mais ondas de radiação.

- Evitar o streamming de áudio ou vídeo. A recomendação é fazer o download do arquivo e, para conferir, colocar o celular em modo avião para diminuir a emissão das ondas.

- Manter o telefone longe da cama à noite, principalmente longe da cabeça.

Fonte: https://g1.globo.com/bemestar

 


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

 

Mal de Parkinson e o marcapasso cerebral que promete acabar com tremores e convulsões causados pela doença

 

Ao detectar anormalidade, dispositivo monitora atividade elétrica e gera corrente para estimular áreas do cérebro, evitando, assim, movimentos involuntários indesejados. No mundo, mais de seis milhões de pessoas sofrem de Parkinson,...

 

Pubicada em: 10/01/2019

Carro inteligente tem assistente avatar e muda até cheiro conforme emoção do passageiro

 

Há tempos a CES, maior feira de tecnologia do mundo, foi invadida por novidades para veículos. Na edição deste ano, com carros autônomos mais próximos de virar realidade, os automóveis estão ainda mais "inteligentes" e, como um smar...

 

Pubicada em: 10/01/2019

O que é o HTLV 1 vírus pouco conhecido que atinge mais de 800 mil brasileiros

 

Quando era criança, a estudante de Teologia Erika Grace Piva Archanjo, hoje com 31 anos, tropeçava e caía com frequência, acidentes que ela e sua família atribuíam a algum problema ortopédico. Ela nunca foi ao médico por causa disso...

 

Pubicada em: 03/01/2019

 

Copyright © 2015 powered by Portal irationline - Todos os direitos reservados.